Esquilo vermelho- Sciurus vulgaris

IMG_0006

Hoje estive a ler uma revista que havia comprado em janeiro de 97, ou seja já tem uns 16 anos, e na capa vem como titulo principal: “Esquilo vermelho- olá regressei”

Dentro da revista li que estava praticamente desaparecido desde o seculo XVI, mas nesse momento começavam a aparecer esquilos no norte de Portugal vindos da Galiza, engraçado que só passado vários anos é que tenham chegado ao centro de Portugal, não 2013, mas já em 2007 os havia observado. É capaz de eles já cá estarem há mais tempo, mas muito dispersos pela floresta, com os sucessivos incêndios as populações devem ter ficado mais confinadas e apertadas de modo que agora seja mais fácil a sua observação.

Um bom vestígio da sua presença são as pinhas totalmente roídas de que se alimentam. Conhecido também como um grande amigo da floresta, devido ao hábito de enterrar as sementes que acumula nas alturas em que abunda o alimento, pelo que as guarda em várias “despensas”, para se alimentar nas alturas em que o alimento escasseia… e que mais tarde devido ao esquecimento muitas delas acabam por germinar pelo que torna o nosso esquilo muito importante para promover o repovoamento das nossas massas florestais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s