Selvagem!

Ontem pela tarde quando passava perto do Vale do Grou, por terras quase inóspitas, consequência dos incêndios do ano passado, heis que vislumbro ao longe um “fantasma”…

Da cor da terra e com as crinas escuras lá estava ele.

A última vez que o vi foi há uns quinze anos e lá estava ele de novo, forte e cheio de garra.

Nunca lhe conheci o nome, pelo que o batizo por “Selvagem”, pois este cavalo conquistou o direito de andar livremente por vales e serras, já há mais de vinte anos, parece ter criado laços com a zona do Vale do Grou, pois muita gente o vê por lá.

Lembro-me já há vários anos atrás o ter encontrado perto do Maxial na zona dos Envendos, sinal que por vezes dispersa para outros locais.

Pena que este resistente animal nunca tenha encontrado uma égua selvagem, tornou-se então um selvagem solitário.

Tentei aproximar-me aos poucos dele, mas em vão, logo se pôs a galope desaparecendo na paisagem.

Até uma próxima “Selvagem”!

Gady

2 thoughts on “Selvagem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.