Alto da Covanca… um antigo Castro?

Se leram o meu último artigo, havia observado um local fora do normal a partir do Chão do Rei, relativamente perto da aldeia dos Degolados (Mação). Esse local parecia-me ideal para a existência de um castro. Para ser sincero fui até lá logo no dia seguinte a escrever o meu último artigo. A curiosidade era imensa…

Observando já do lado do “dito” castro… o ponto assinalado a vermelho é o local onde estava com o Gonçalo Lobato quando observei a estranha formação rochosa…

 

 

 

Já tinha passado ali perto centenas de vezes, no entanto os rochedos que via da estrada nunca me tinham chamado a atenção…

Desta vez resolvi subir até lá acima…

 

 

A meia encosta, quando olho para cima, parece-me existir por ali algo de misterioso. As rochas, os pinheiros em pé, mas já sem vida, imagino aquela paisagem com uma floresta digna do local, e aquelas rochas com povos de outrora lá do alto a observar-me…

 

 

Chegando às fragas, deparo-me com o primeiro desafio… encontrar um local para passar para o lado de dentro…

 

 

Lá em baixo está a ribeira do Aziral e o vale onde existem azereiros. Se repararem nesta foto, eu observei este sítio onde me encontro na zona onde se vê o céu, no centro da foto um pouco ao lado esquerdo.

 

 

Rapidamente encontro maneira de passar para dentro, um local diferente. É uma formação natural, mas estranha, nunca vi nada igual.

 

 

Lá de dentro, no alto, consigo ver o Castelo Velho do Caratão, o Castelo Velho da Zimbreira e a serra da Alfeijoeira.

 

 

Umas rochas no chão indicam possíveis construções de habitações no passado, quem sabe?

 

 

As rochas aqui formam uma fantástica defesa natural, surgem todas a pender para o exterior.

 

 

Estou certo que os nossos antepassados não deixariam escapar este local despercebido.

Visto de satélite, observem….

 

 

Pelos visto este local tem nome…

Segundo Maria Otília do Caratão, será o “Alto da Covanca” e tem todo o sentido! Talvez pela enorme forma côncava que que apresenta!

Ora… no dicionário Priberam:

co·van·ca 

substantivo feminino

[Brasil]  Terreno cercado de morroscom entrada natural por um dos lados.

“covanca”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/covanca [consultado em 25-08-2019].

Grande abraço!

Gady

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.