O gaio.

Em todas as histórias existem os bons e os maus, desta vez trago-vos um dos benfeitores da floresta portuguesa.

O gaio (Garrulus glandarius), na minha opinião e num toque de brincadeira o gaio é uma das aves mais resmungonas da nossa avifauna, para confirmar basta ouvir os seus “gritos roucos” ecoar pelos campos. Quando o ouço penso sempre “lá está aquele resmungão” …

Por vezes é através das vocalizações que o deteto mais facilmente, já que passa grande parte do tempo no meio da copa das árvores. Por vezes confunde-me, pois é um excelente imitador, principalmente quando imita a pega rabuda (Pica pica), deixa-me sempre por segundos na dúvida.

Sendo uma ave florestal as suas observações normalmente são mais escassas. Observo-o quando desce ao chão para se alimentar, ou quando voa cruzando o céu de árvore para árvore.

Do latim garrulus significa palrador, tagarela, barulhento. Glandarius também evoluiu do latim glans, glandis, glande. Estamos a falar de bolotas! É precisamente neste ponto que esta ave da família dos corvídeos se torna muito importante para a expansão e restauro das nossas florestas. Nos meses de outono passa o tempo a enterrar bolotas, guardando assim provisões para se alimentar no inverno quando o alimento escasseia. O que é certo é que muitas delas vão acabar por germinar, originado novos bosques, obviamente do género Quercus: Carvalhos, sobreiros, azinheiras, carrasco, árvores autóctones.

Mas o gaio não se alimenta apenas de bolotas, a sua alimentação varia bastante. Frutos, sementes, ovos, invertebrados, répteis e até mesmo ratos etc…

É uma ave bastante bonita, no meio de tons acastanhados, pretos e brancos, destacam-se bonitas penas azuis nas asas. Em voo podemos observar o uropígio de cor branca. O uropígio de uma ave situa-se acima do local ondem crescem as penas da cauda, zona que não está visível quando a ave está pousada. Na cabeça apresenta uma coroa listrada, e um caricato “bigode”.

Sendo uma ave comum e residente no nosso território, estejam atentos, quem sabe ainda hoje não observam um gaio!

Boas observações!

Grande abraço!

Gady (Rui Santos)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.