Onde andam os Lugres?

 

Hoje a meio do dia decidi fazer uma pausa. Já uns dias que pensava em parar neste local, passo por aqui quase todos os dias, mas sempre atarefado e a correr. Nesta altura as ribeiras vão cheias, claro que quando chove muito ainda estão mais cheias saltando para fora da margem, mas hoje não é um desses dias.

Enquanto tirava umas fotos a esta pequena cascata, lembrei-me que já era tempo de haver por ali Lugres (Carduelis spinus), uma ave vinda do norte da Europa que inverna por cá. Mas em vão, este ano por onde eu tenho andado ainda não as vi, mas havia um outro bando de aves por ali, tirei uma foto mas elas estavam lá mesmo no alto pelo que não dá para perceber, então, decidi fazer um pequeno desenho. Tirei mesmo agora a foto enquanto estou junto à lareira . Trata-se de um pequeno Chapim-rabilongo (Aegithalos caudatus), denunciaram-se pelo seu canto.

Quando voltava para o carro ainda encontrei em floração violetas-bravas (Viola riviniana), e umas bagas que sobressaiam no meio da erva, umas bagas vermelhas, de Salsaparrilha-do-reino (Smilax aspera), bonitas, não?!

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s