Um dos mamíferos mais pequenos do mundo!

Um musaranho-pigmeu-de-dentes-brancos, que nome estranho… um dos mamíferos mais pequenos do mundo! Vamos ler?

Há dias quando me deparei com este animal, para ser sincero fiquei contente. São animais interessantes, parecidos com ratos, mas pertencem a famílias diferentes. Os ratos são da família dos Murídeos, enquanto os musaranhos pertencem à família Soricidae.

 

 

Esta espécie, o Suncus etruscus é bastante engraçado e não é difícil tentar adivinhar o porquê… é minúsculo! Este micro-mamífero mede entre 3,5 a 5,2 cm de comprimento (cabeça, corpo). Este media cerca de 4,5 cm…

 

 

Olhando para este musaranho reparamos que é de cor castanho-acinzentado. Tem uma cabeça grande, as orelhas são salientes e parecem “amarrotadas”, no focinho apresenta grandes bigodes que ajudam a localizar as presas, pois os olhos são diminutos e não ajudam muito na procura de alimento. Com mais atenção, vemos que a cauda apresenta pelos curtos que contrastam com pelos muito compridos, o mesmo acontece no resto do corpo.

 

 

É essencialmente nocturno. De dia esconde-se por entre raízes, pedras ou muros velhos. Encontrei-o ao arrancar uma raiz de urze, caso contrário, dificilmente o teria visto no meio da vegetação.

 

 

O habitat onde o encontrei, era essencialmente dominado por carquejas e estevas, no entanto também existem alguns pinheiros não muito grandes. Por ali também encontro tojos, rosmaninho, urzes, lentiscos entre muitas outras plantas, portanto uma zona de mato baixo a uns 300 metros de altitude.

 

 

Esta espécie distribui-se essencialmente pelo Sul da Europa.

Dado o seu reduzido tamanho é predado por vários animais, desde aves, lagartos, cobras, mamíferos entre outros. No entanto apesar do seu diminuto tamanho é muito activo e voraz, sendo por isso benéfico no controlo de populações dos insectos e macro-invertebrados de que se alimenta

 

 

Depois de uma rápida observação e registo, soltei o animal na base de uma grande carqueja onde facilmente encontrará abrigo até ao cair da noite.

Espero que tenham apreciado!

Abraço!

Gady

 

Referências bibliográficas:

MacDonald, David; Barret, Priscilla (1993) – Collins Field Guide – Mammals of Britain & Europe. HarperCollinsPublishers, London.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.